Daniel Vilela acredita que, se não for eleito presidente do PMDB, não será candidato a governador

daniel-vilela-alexandre-parrode

Deputado Daniel Vilela | Foto: Alexandre Parrode

O deputado federal Daniel Vilela pôs uma ideia na cabeça: só disputará o governo de Goiás em 2018 se for eleito presidente do PMDB. Se o eleito for um irista, e se Iris Rezende for eleito prefeito de Goiânia, o candidato do partido ao governo, ao menos na sua crença, será o senador Ronaldo Caiado.

Os iristas menos radicais dizem mais ou menos o seguinte: “Daniel é um garoto do bem, mas enfrenta uma resistência muito grande, porque só beneficia seu próprio grupo — esquecendo os demais correligionários”. O irismo afiança que José Nelto “tenta agradar todo mundo”. “Se a disputa polarizar entre Zé Nelto e Daniel Vilela, nós ficaremos com o primeiro. Inclusive, ele tem o apoio da bancada peemedebista”, diz um irista.

Um grupo de iristas percebe Nailton Oliveira como o nome ideal. “Ele não será candidato em 2018 e mantém forte vínculo com os prefeitos e líderes do interior”, afirma um irista.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.