Já o prefeito de Luziânia, Cristóvão Tormin — que dizem ser um homem de bem, ainda que equivocado —, passa mais tempo reclamando da imprensa crítica e de Célio Silveira do que administrando o município.

Tormin não é incompetente, mas precisa articular uma equipe mais eficiente e que faça as obras em tempo hábil.