ré-candidato a prefeito de Rio Verde pelo PMDB, o médico Paulo do Vale não gostou de ler, no Jornal Opção, que o PT vai bancar a candidatura do deputado estadual Karlos Cabral.

Acredita-se que, com o PMDB e o PT divididos, as chances eleitorais do deputado federal Heuler Cruvinel (PSD) crescem.

Tese do heuler-cruvinelismo: o paulo-valismo e o karlos-cabralismo não “arrancam” votos de Cruvinel, mas dividem o eleitorado das oposições. Como não há segundo turno na cidade, de fato Heuler Cruvinel, desde já, se torna o favorito para a disputa, que se dará em 2016.

Mas o PT está certo num ponto: por que Karlos Cabral tem de ser vice de Paulo do Vale? Por que este não pode ser vice de Karlos Cabral?