Chapa de Marconi está cada vez mais aberta para Ronaldo Caiado

A volta de Iris Rezende ao campo de batalha, como possível candidato a governador pelo PMDB, empurra, em definitivo, o deputado federal para o lado do governador Marconi Perillo.

O tucano-chefe sabe que, se não puxar Caiado, e rapidamente, para seu lado, Iris poderá fazê-lo.

Se compor com Iris, Caiado deixará a chapa do PMDB-DEM muito forte. Primeiro, porque atrai votos para o peemedebismo. Segundo, porque, em campanha, bate duro e tem credibilidade.

Marconi é adepto da política como arte racional e, por isso, possivelmente vai se aproximar de Caiado. Este, que está mais moderado, também quer a aproximação e, lançado candidato, vai subir no palanque do tucano-chefe e vai apoiá-lo para governador.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Marcha Lenta

Quem garante? Marconi, nunca trocou o certo, pelo duvidoso, não é agora que vai ocorrer este fato. Quem fez este comentário não intende de honestidade, honra e fidelidade. É um boca suja, sem rumo e sem direção!….

Elismar Veiga da Silva

Com a saída de Júnior Friboi da disputa majoritária em goiás e o retorno da pré-candidatura de Iris Rezende, temos um cenário em que dois dos quatro postulantes ao Palácio das Esmeraldas tem base no meio evangélico, Iris e Vanderlan. Logo seria, a meu ver, estratégico por parte dos outros dois possíveis concorrentes, Marconi e Gomide, atrair para a chapa majoritária um nome com ampla base no meio evangélico, e ness e caso, Marconi tem mais afinidade com o segmento. A meu ver uma chapa consistente da situação traria Vilmar Rocha de vice e João Campos, senador. Outro fato importante… Leia mais

Opinião do Povo

Marconi Perillo Governador, Vilmar Rocha Vice Governador e Ronaldo Caiado Senador = 76% dos Votos em Goiás! Isso é FATO! Agora, José Eliton teve a sua chance como Vice, e com Marconi dando todo o espaço possível. Então, agora é ir em busca de votos e vencer as eleições como Deputado Federal. REALIDADE.