Líder do prefeito, Carlos Soares | Foto: Marcelo do Vale/Câmara de Goiânia
Líder do prefeito, Carlos Soares | Foto: Marcelo do Vale/Câmara de Goiânia

Uma situação inusitada aconteceu na sessão desta quinta-feira, na Câmara de Goiânia. Entrou na pauta de discussão veto do prefeito Paulo Garcia (PT) a projeto do vereador Carlos Soares que, além de petista, é líder do Paço Municipal na Casa.

A prefeitura vetou integralmente matéria que previa a criação de CMEI com o nome Eronildo Ribeiro, em homenagem a uma tradicional família da capital. Como líder da base aliada, Carlos orientou para que os colegas votassem pela manutenção do veto de Paulo Garcia. “Mas como vereador, vou votar pela derrubada do veto”, disse o vereador em plenário.

A fala de Carlos mexeu não só com os oposicionistas, mas também com os colegas aliados. O veto do prefeito foi derrubado por 18 votos contra cinco. Antes, o projeto havia sido aprovado na CCJ.