Bruno Peixoto afirma que, se Iris não disputar, poderá ser candidato a prefeito de Goiânia

O deputado federal afirma que, no momento, a prioridade é sua reeleição. “Quero ter boa votação em Goiânia”

Deputado Bruno Peixoto | Foto: Reprodução/facebook

O prefeito de Goiânia, Iris Rezende, disse a um aliado que, nos próximos dois anos, sua administração vai deslanchar. Vai construir três viadutos e concluirá algumas obras. Terminado o governo, o decano emedebista se aposentará e, com um cartel positivo a exibir, acredita que fará o sucessor. O aliado frisa: “O candidato será aquele que Iris Rezende, como líder do MDB na capital, quiser”. Quem quer? No grupo irista, os dois mais cotados são Agenor Mariano, candidato a senador, e Andrey Azeredo, presidente da Câmara Municipal.

Há outros nomes, como Clécio Alves, Wagner Siqueira, Célia Vala­dão e, sobretudo, Bruno Peixoto.

O deputado Bruno Peixoto disse ao Jornal Opção que a prioridade absoluta é a reeleição de Iris Rezende. “Caso Iris Rezende não queira disputar, aí, sim, coloco meu nome para a disputa. Estudo a cidade com atenção e tenho projetos para geri-la.”

No momento, Bruno Peixoto frisa que o mais importante é ser re­e­leito. “Quero ganhar com uma votação qualitativa, sobretudo em Goiânia.”

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.