Baldy pode filiar-se ao DEM, com mais 8 deputados, e assumir comando do partido em Goiás

Líderes dizem Caiado ganha com o DEM mas o DEM não ganha com o senador. Não tem nenhum deputado federal em Goiás

Alexandre Baldy e Ronaldo Caiado: um deles pode ficar no comando do DEM em Goiás

O deputado federal Alexandre Baldy, que recentemente desfiliou-se do Podemos (ex-PTN), pode se filiar ao DEM na companhia de oito a dez deputados federais. É o que se especula em Brasília, sobretudo entre aliados do presidente da Câmara dos Deputados Rodrigo Maia, do DEM. Ainda não está decidido, mas há conversas a respeito.

O que está “pegando”? Simples: o comando do DEM em Goiás teria de passar para as mãos de Alexandre Baldy, com o consequente afastamento do senador Ronaldo Caiado (que, saindo, bateria às portas do PMDB, com o apoio de Iris Rezende).

Entretanto, como afastar um senador da República? Não é fácil. Mas integrantes do DEM, alguns deles de proa, fazem a seguinte pergunta: “Se Ronaldo Caiado ganha com o DEM, inclusive a possibilidade de disputar o governo de Goiás, o que, a rigor, o DEM ganha com o senador?” Um democrata sublinha que, sob a presidência de Ronaldo Caiado, o DEM não elegeu nenhum deputado estadual e nenhum deputado federal em 2014 (vale lembrar que o Fundo Partidário é definido pelo número de deputados federais, não pelo número de senadores). Além disso, o partido não tem dez prefeitos em Goiás.

Pensa-se, entre alguns líderes, que, com Alexandre Baldy, o DEM em Goiás pode voltar a crescer.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.