Arquivos que comprovam pagamento irregulares ao ex-prefeito Cristóvão Tormin, podem ter sido deletados

Ministério Público já investiga o caso. Há um pedido na justiça para bloquear as contas do ex-prefeito de Luziânia

Segundo o prefeito recém-empossado em Luziânia, Diego Sorgatto (DEM), documentos que comprovam uma transferência inrregular de dinheiro para o ex-prefeito Cristóvão Tormin e auxiliares, foram deletados dos computadores da Prefeitura. A manobra seria uma forma de tentar encobrir os repasses.

O democrata relata que documentos e arquivos relacionados a transação desapareceram da Prefeitura de Luziânia. A informação será repassada ao Ministério Público de Goiás que já investiga o caso.

Os pagamentos apontados como irregulares já é alvo de ação na Justiça, inclusive com pedido de congelamento das contas de Tormin. O processo segue em segredo de justiça.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.