As declarações do governador Ronaldo Caiado (União Brasil) sobre a disputa eleitoral em Trindade, em entrevistas durante a festa de encerramento da Romaria do Divino Pai Eterno, foram muito comemoradas pelo grupo do prefeito Marden Jr. (União Brasil).

Além de fortalecer o projeto de reeleição do prefeito Marden Jr., o posicionamento claro do governador encerra a torcida da oposição no município para que ele adotasse uma postura mais neutra no embate local.

Em entrevista à imprensa domingo, 7, o governador chamou Marden de craque e disse que o aliado está “dando show de gestão” na cidade.

“Como eu tive a oportunidade de ter uma segunda gestão, o Marden poderá contemplar tudo aquilo que já vem construindo para a cidade no primeiro mandato. É fundamental isto, pois é o ápice da gestão”, afirmou Caiado. O governador também citou várias vezes que estava impressionado com o nível de organização que a prefeitura alcançou este ano na estruturaçao da festa.

O equívoco de George Morais

O deputado estadual George Morais (PDT), que deve disputar contra Marden Jr., acreditava que a boa relação que ele e sua mulher, a deputada federal Flávia Morais, têm com o Palácio das Esmeraldas poderia garantir o apoio velado de Caiado ou ao menos a neutralidade do governador. Seu grupo chegou a espalhar na cidade que Marden seria abandonado à própria sorte pelo Palácio das Esmeraldas.

De fato, Caiado respeita e valoriza o casal Morais. Sempre elogia o trabalho de Flávia Morais no Congresso Nacional, onde ela lidera a bancada goiana, e tem George Morais como um aliado na Alego. Mas, no domingo, o governador deixou claro que Marden é seu candidato.

Uma declaração contundente como a de domingo, vinda de um governador com mais de 80% de aprovação, como apontam várias pesquisas nacionais, tem um peso considerável.