Analistas dizem que, se eleito, Baldy poderá ter peso decisivo na formulação da reforma tributária

O governador Marconi Perillo e Alexandre Baldy em carreata em Hidrolândia: força política

O governador Marconi Perillo e Alexandre Baldy em carreata em Hidrolândia: força política

No grupo do governador Marconi Perillo, um destaque é o ex-secretário de Indústria e Comércio Alexandre Baldy. Ana­listas sugerem que caminha para ser um dos mais votados do PSDB, inaugurando sua carreira política de forma brilhante.

A participação de empresários na política é muito discutida. Quase sempre minoria no Con­gresso, em meio a advogados, médicos e políticos profissionais, neste ano isso poderá ser diferente. O TSE diz que é da classe empresarial o maior conjunto de candidatos em 2014: 9,3%. Os advogados, desta vez, caíram para a segunda posição, com 5,5%.

O interesse dos empreendedores pela política tem a ver com o “custo Brasil”, que trava negócios. Além da carga de impostos elevada, quem gera renda e empregos no país precisa lidar com um emaranhado burocrático de leis tributárias. Uma das bandeiras de Baldy é o apoio irrestrito a uma profunda reforma tributária, capaz de reduzir o peso dos impostos sobre os cidadãos e as empresas.

Com maior apoio à proposta, pode ser que a reforma já seja editada em 2015.
O compromisso do jovem tucano com a simplificação da tributação tem a ver com sua própria condição pessoal, consciente como empresário sobre o que precisa mudar para acelerar o crescimento econômico. E vem também de sua performance na SIC: seus aliados citam como algumas de suas principais ações a criação do Vapt Vupt Empresarial e a modernização da Junta Comercial (Juceg), inovações que facilitaram a vida de quem tem uma empresa. O empresário também está preocupado com o povo em geral, porque uma reforma tributária pode contribuir para a redução dos preços dos produtos.

Foi por essas e outras ações que Baldy foi escolhido pelo Fórum Empresarial como interlocutor preferencial no governo, na época em que foi secretário. Foi também pelo bom trânsito no meio empreendedor nacional e internacional que a agenda das missões comerciais goianas ficou mais encorpada. O resultado vem sendo dito por Marconi em quase todos os seus discursos: nos últimos quatro anos, Goiás atraiu quase R$ 32 bilhões em investimentos. Outro gol com o passe de Baldy.

Uma resposta para “Analistas dizem que, se eleito, Baldy poderá ter peso decisivo na formulação da reforma tributária”

  1. Avatar Dell disse:

    Muito bom .O cara eh fera mesmo…e ainda bastante jovem.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.