Aliados dizem que Gomide será candidato de qualquer maneira e que não aceita ser vice de Iris Rezende

Quem conhece bem Antônio Gomide, que deixa a Prefeitura de Anápolis na sexta-feira, 4, garante: será candidato a governador de qualquer maneira, exceto se o PT nacional disser que sua candidatura está vetada — o que dificilmente ocorrerá. “Gomide é mais teimoso do que uma mula, ou melhor, do que duas mulas. Ele vai ser candidato e acredita, piamente, que será eleito”, afirma um petista goianiense. “Ninguém consegue demovê.” O petista diz que o ex-presidente Lula da Silva tem incentivado Gomide, mas com certa discrição, para não incomodar o PMDB. O petista-chefe estaria comparando Gomide a Alexandre Padilha, o pré-candidato do PT a governador de São Paulo. “É o novo”, frisa o petista.

Gomide não quer ficar na história como refém político de Iris Rezende. Seus aliados garantem que o prefeito de Goiânia, Paulo Garcia, vai embarcar em sua campanha. O ex-prefeito Pedro Wilson também já hipotecou apoio à sua candidatura.

Deixe um comentário