Goiânia terá mais dois vereadores a partir de 2017

Projeto de Lei que propõe a alteração no número de cadeiras do plenário será apreciado ainda neste ano | Foto: Câmara Municipal de Goiânia

Projeto de Lei que propõe a alteração no número de cadeiras do plenário será apreciado ainda neste ano | Foto: Câmara Municipal de Goiânia

A Câmara de Municipal de Goiânia vai contar com mais dois vereadores a partir da próxima eleição, que ocorrerá em 2016. Atualmente, a Casa abriga 35 parlamentares, no entanto, um projeto de lei deve elevar o número para 37 na próxima legislatura – 2017/2020.

A informação sobre os novos quadros foi repassada pelo presidente do Poder Legislativo do município, vereador Clécio Alves (PMDB), durante entrevista na quarta-feira, 12. “Essa já é uma certeza, em função do número de habitantes. A Câmara passará a contar com mais dois vereadores a partir da próxima legislatura.”

Questionado se o aumento de cadeiras alteraria a concorrência entre os candidatos, o peemedebista avaliou que a alteração amplia a representatividade da população goianiense. A novidade é baseada em da­dos oficiais divulgados pelo Instituto Brasileiro de Geo­gra­fia e Estatística (IBGE). Se­gundo levantamento de 2010, a capital tem 1.302.001 habitantes.

Na ocasião, Clécio Alves destacou que não haverá elevação no repasse do duodécimo pa­ra os vereadores. “Não vai au­mentar a despesa, que será a mesma dos atuais mandatos”. Ele listou que os valores pagos atualmente beiram os R$ 7 milhões. Para que a proposta vigore, é preciso que um pro­jeto de lei seja apresentado na Câmara, que deve ser levado à apreciação ainda neste ano.

Clécio Alves também falou sobre a reforma do plenário da Câ­mara de Vereadores e afirmou que estão sendo instalados novas divisórias de vidro, como existem em outros órgãos, como a Câmara dos Deputa­dos, em Brasília.

unnamed (1)

PF prende ex-diretor da Petrobras e mais 17 envolvidos

A Polícia Federal em Curitiba confirmou na sexta-feira, 14, a prisão do ex-diretor de Serviços da Petrobrás Renato Duque e de mais 17 pessoas, de forma temporária e preventiva. Todas estão envolvidas em crimes investigados na Operação Lava Jato.

Também foram cumpridos seis mandados de condução coercitiva. Os investigados que não foram localizados até o momento tiveram os nomes inscritos no sistema de procurados e impedidos da PF e estão proibidos de deixar o país, entre eles, o lobista Fernando Baiano, citado nas investigações como agente do PMDB no esquema criminoso.

Goiás e DF discutem melhorias no transporte coletivo

O governador de Goiás, Marconi Perillo (PSDB) e o governador eleito do Distrito Federal, Rodrigo Rollemberg (PSB), anunciaram um conjunto de medidas emergenciais para solucionar em curto e médios prazos os problemas do transporte coletivo no Entorno de Brasília. Ao lado do diretor da Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT), Jorge Luiz Macedo Bastos, o goiano propôs a criação de duas comissões, com representantes de Goiás e do Distrito Federal, para avançar nas discussões sobre o assunto.

No anúncio, Marconi afirmou que o governo de Goiás está disposto a aportar recursos, em forma de contrapartida com o governo federal, para resolver a demanda por transportes dos municípios do Entorno. Ele sugeriu que na modelagem de concessão pública das rodovias federais 020 e 070 esteja prevista a construção de BRTs, exclusivos para o transporte de passageiros no Entorno.

Material utilizado por falsa biomédica não era hidrogel

A falsa biomédica Raquel Po­licena Rosa, de 27 anos, apontada como responsável pela morte da au­xiliar de leilão Maria José Me­dra­do de Souza Brandão, de 39 anos, não utilizava hidrogel Aqualift nas aplicações para aumento de nádegas em pacientes, como fora divulgado. De acordo com a delegada responsável pelo caso, Myriam Vidal, o produto usado pela mulher seria silicone industrial – que é ilegal e nocivo à saúde – ou metacril (substância sintética usada por cirurgiões plásticos).

Na última sexta-feira, 14, a ti­tu­lar explicou que as características do produto utilizado não conferem com as do Aqualift: “Este material é vendido no Brasil em uma apresentação de 1 a 100 ml, e a Raquel usava um produto de um litro. Além disso, ela disse em depoimento que teria comprado o material nas ruas de São Paulo, e esse produto não é comercializado em ruas”.

Morre poeta Manoel de Barros, aos 97

Após quase três semanas de internação, o escritor Manoel de Barros morreu na última quinta-feira, 13, no Hospital Proncor, em Campo Grande, no Mato Grosso do Sul.

O poeta estava em uma Uni­dade de Terapia Intensiva (UTI) após cirurgia de desobstrução do intestino. O velório do escritor foi realizado no cemitério Parque das Primaveras, na capital do Estado.

O cuiabano ficou com a saúde debilitada após a morte de seu segundo filho, o primogênito Pedro Wanceslau, em 2013. Nascido em 1916 em Cuiabá, Manoel de Barros escreveu 18 livros de poesia, além de obras in­fantins e relatos autobiográficos. Recebeu diversos prêmios literários, entre os quais dois Jabutis.

Prefeitura inicia iluminação de Natal

A Prefeitura de Goiânia iniciou nesta semana a montagem da decoração natalina na capital. As avenidas 24 de Outubro, 85, T-63 e os viadutos Latif Sebba e João Alves de Queiroz são alguns dos locais que contarão com iluminação natalina.

Com a Comurg à frente dos trabalhos, a montagem começou pela Praça Tamandaré com a instalação do tradicional túnel de luzes. No local, serão montadas, ainda, a Aldeia do Papai Noel e uma árvore iluminada de 18 metros de altura, além de outros enfeites complementares.

De acordo com o presidente da Comurg, Ormando Pires, grande parte da nova decoração é fruto de material reciclável. Os gastos previstos para este ano com a iluminação natalina devem ser de aproximadamente R$ 250 mil. Os trabalhos devem ser finalizados até o final de novembro.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.