Zé Eliton rebate Daniel sobre venda da Celg: “política nacional apoiada pelo MDB”

Tucano defendeu a venda e lembrou que o trâmite se deu dentro de uma política nacional, apoiada, à época, pelo MDB, partido do oponente

Divulgação

O governador e candidato à reeleição, José Eliton (PSDB), voltou a ser questionado sobre a privatização da Celg, durante debate realizado na manhã desta quinta-feira (20) pelo jornal O Popular e rádio CBN.

Questionado pelo emedebista Daniel Vilela, o tucano defendeu a venda e lembrou que o trâmite se deu dentro de uma política nacional, apoiada, à época, pelo MDB, partido do oponente. “O balanço é positivo”, afirma.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.