X Factor Brasil: Candidatos relatam brutalidade e condições “desumanas” em audições

Nas redes sociais, participantes falaram sobre total desorganização da produção do programa. Houve relatos de pessoas com sede e fome, e até denúncia de xenofobia

Em um final de semana, programa teria tentado ouvir mais de 15 mil pessoas em audições | Reprodução/Twitter

Em um final de semana, programa teria tentado ouvir mais de 15 mil pessoas em audições | Reprodução/Twitter

A versão brasileira do programa “X Factor” ainda não estreou, mas já vem causando polêmica nas redes sociais. No último final de semana, a Band deu início às gravações do reality musical, reunindo cerca de 15 mil pessoas na Arena Corinthians, em São Paulo.

O que era para ser uma megaprodução, com muita música e diversão, no entanto, acabou se tornando um pesadelo para os concorrentes inscritos. Segundo relatos nas redes sociais, a espera na fila durou até 15 horas e o tratamento com os participantes teria sido “brutal e desumano”.

“Não podíamos beber água, porque depois teríamos que usar os banheiros químicos, tão sujos que eram inutilizáveis. […] Tinha gente do Rio de Janeiro, de Chapada Diamantina, da Bahia, do Piauí, que não comia desde o dia anterior, e a produção não autorizou a saída para comprar comida”, relatou a jovem Isa Bruder ao site da revista Capricho.

A participante conta em seu depoimento que chegou a passar na primeira etapa das audições, mas resolveu desistir e ir embora devido à “desorganização absoluta”.

Cantor Leandro Buenno | Foto: Twitter

Cantor Leandro Buenno | Foto: Twitter

Quem também saiu das audições bastante chateado foi o cantor Leandro Buenno. Um dos destaques do The Voice Brasil em 2014, o jovem acabou eliminado da disputa. Segundo Buenno, o produtor que o ouviu no teste disse que ele ainda não estava pronto para participar do programa.

“Posso nem dizer que ‘valeu a pena’ porque todo processo foi desumano. Mas pelo menos devo ter perdido 2 kg”, publicou Leandro em seu Twitter.

As reclamações não pararam por aí. Nas redes sociais, os relatos de pessoas descontentes com a produção do programa se acumularam no último domingo (10). Uma usuária chegou a acusar um produtor musical da atração de xenofobia.

“Falara para eu voltar para minha ‘terrinha’, porque São Paulo não era para mim. Me deram 15 segundo usando xenofobia para me reprovarem”, desabafou.

O “X Factor Brasil” é baseado no formato criado pelo produtor musical Simon Cowell no Reino Unido. Os jurados da atração serão Di Ferrero, Alinne Rosa, Paulo Miklos e Ricky Bonadio. O programa deve ir ao ar a partir do dia 22 de agosto.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Luiz Gustavo Araujo

ESSA BAND É UMA VERGONHA NACIONAL, UMA TOTAL FALTA DE RESPEITO COM O SER HUMANO! ENTREM NO MEU CANAL NO YOUTUBE E ME AJUDEM A DIVULGAR ESSA #XFARÇA #CAIUEMITAQUERAABANDJAERA VERGONHA! MIL VEZES VERGONHA!