Wellington Peixoto entrega relatório da reforma da Previdência nesta sexta-feira (31)

O vereador mantém a emenda da cobrança de 11% na alíquota, porém a prefeitura defende o aumento gradual da taxa, que chega a 14% em 2021

Vereador Wellington Peixoto (MDB) | Foto: Fernando Leite

Depois de alguns dias de atraso na entrega do relatório do projeto da reforma da Previdência, o vereador Wellington Peixoto (MDB) garantiu ao Jorna Opção que vai entregar o texto nesta sexta-feira (31). Apesar do impasse com a prefeitura, o parlamentar disse que não quer que matéria seja arquivada, apesar de ter dito que essa é uma das possibilidades.

“Ainda estou analisando algumas emendas, inclusive a da alíquota, que vamos manter [nos 11%], mesmo sem a aprovação da prefeitura [que defende o aumento gradual, chegando a 14% em 2021]. Também vou conversar com cada um dos vereadores da Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania (CCJ) até amanhã”, afirmou o vereador.

Para Wellington, uma das questões mais preocupantes é o possível arquivamento. “Não vai ter adiantado nada, se acontecer”, explica. “Vou acatar as emendas que tem chegado pelos parlamentares e colocar em pauta na próxima quarta-feira (5/9), que é quando acontece a reunião da CCJ, para discussão do projeto”, finaliza.

1
Deixe um comentário

1 Comment threads
0 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
1 Comment authors
Vilma

Como se o principal problema fosse a alíquota, como sempre tentando desviar o olhar. Os servidores querem que arquiva principalmente por outro motivo: as garantias de pagamento e a unificação dos grupos em um grupao de servidores, sendo de a dona prefeitura já meteu a mãozinha na previdência de dois grupos. Agora querem dar garantias “furadas” e se absterem de responsabilidades. Por isso o “Arquiva Já!”