Votos de Antônio Gomide são validados

TCM já havia recusado contas do petista enquanto prefeito de Anápolis. Dias antes da votação de 5 de outubro, TRE-GO indeferiu candidatura dele

Petista teve votos do primeiro turno validado | Foto: Jornal Opção/Arquivo

Petista teve votos do primeiro turno validados | Foto: Jornal Opção/Arquivo

Os votos do ex-candidato a governador pelo PT Antônio Gomide foram considerados válidos pelo Tribunal Regional Eleitoral de Goiás (TRE-GO) durante sessão extraordinária no último domingo (26/10). Derrotado no primeiro turno, o ex-prefeito de Anápolis ficou na quarta colocação no pleito, com 10,09% da preferência do eleitorado.

O julgamento ocorreu pelo fato do petista estar com um pedido de indeferimento de sua candidatura. O motivo foi a não aprovação de suas contas enquanto prefeito de Anápolis, de 2010. Conforme o TRE-GO, o parecer desfavorável a Antônio Gomide se deu em decorrência à mudança de entendimento do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) quanto ao órgão competente para julgar as contas da gestão municipal.

Apesar de seus balanços terem sido aprovados na Câmara Municipal de Anápolis, o Tribunal de Contas do Município (TCM) não teve o mesmo entendimento, o que ocasionou o imbróglio judicial.

A questão central que permeava a impugnação ou não da candidatura dele é que a anulação de seus votos ocasionaria a vitória do candidato à reeleição Marconi Perillo (PSDB) no primeiro turno, já que teria mais de 50% do eleitorado goiano. Desta forma, o embate entre o tucano — reeleito no dia 26 de outubro — e Iris Rezende (PMDB) no segundo turno poderia não ocorrer.

A defesa do petista entrou com uma medida cautelar em Brasília e deve também entrar com um recurso contra a decisão. O TCM deve proferir nova análise administrativa a respeito de três das 14 irregularidades apontadas nas documentações de Antônio Gomide.

O político teve as contas reprovadas pelo TCM às vésperas do primeiro turno. Consequentemente, a candidatura dele foi indeferida pelo TRE-GO. Os dados apresentados por ele já haviam sido negados duas vezes.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.