Votação do Plano Diretor fica para 2020

“Eu não finalizei a análise do que estou fazendo e achei por bem deixar para devolver mais à frente, até porque, devolvendo hoje ou na volta do recesso, pouco vai alterar” afirmou o vereador Denício Trindade

Foto: Fernando Leite/Jornal Opção

O vereador Denício Trindade (SDD) não devolveu o pedido de vistas à Câmara Municipal e a votação do Plano Diretor vai ficar para 2020. A Casa volta do recesso no dia 4 de fevereiro.  “Eu não finalizei a análise do que estou fazendo e achei por bem deixar para devolver mais à frente, até porque, devolvendo hoje ou na volta do recesso, pouco vai alterar” afirmou Trindade.

De acordo com Oséias Varão (PSB), o projeto deve ser votado no máximo entre maio e junho do ano que vem, antes das eleições. “Eu entendo que o plano tem que seguir uma tramitação natural e tranquila dentro da Casa. O vereador pediu vistas e nós temos que respeitar o posicionamento dele. O processo eleitoral começa 45 dias antes da eleição, então eu creio que até maio ou junho do ano que vem a gente consegue aprovar o plano na segunda votação”, declarou Varão.

A vereadora Sabrina Garcez (sem partido) ressaltou que o projeto é muito sensível e que a cada dia surgem novos debates sobre o conteúdo. “É até bom que o vereador tenha mais tempo, que ele vá ter o recesso para analisar. É o que eu sempre disse, às vezes as pessoas querem que o Plano seja aprovado de maneira rápida, mas não tem como” concluiu.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.