Viúva de Maguito Vilela vende bolsa da Chanel por R$ 30 mil e doa valor para Bahia

Bolsa de couro caviar foi anunciada nas redes sociais de Flávia Teles; recurso foi doado à campanha Natal Sem Fome, do Ações da Cidadania

Através de suas redes sociais, Flávia Teles, viúva de Maguito Vilela (MDB), ex-governador do Estado de Goiás, vendeu, nesta quarta-feira, 29, uma bolsa da Chanel por R$ 30.000,00 e doou 100% do valor arrecadado à campanha Natal Sem Fome, do Ações da Cidadania , que buscando recursos para socorrer famílias atingidas por enchentes no sul da Bahia.

O anúncio da bolsa e a doação foram realizados de terça para hoje, em seu perfil privado nas redes sociais. A bolsa originalmente foi anunciada por Flávia por um valor de R$ 29.000,00, mas ao mostrar o comprovante do dinheiro transferido o Instituto, é possível ver o valor de R$ 30.000,00. A venda foi realizada em colaboração com a loja virtual Menos É Mais, que revende bolsas de luxo.

Apesar de vendida por R$ 30 mil, Flávia ainda acrescenta, que o valor original da bolsa, modelo Clássica Jumbo, atualmente está na faixa de R$ 70.310,00.

Veja o comprovante da transferência publicado por Flávia:

“Vim fazer uma viagem com minha filha e como eu não poderia me dedicar muito tempo e eles precisam desse dinheiro urgente. Procurei uma amiga, a Lorena Rezende, do Menos é Mais, mandei entregar a bolsa, e com dois minutos que ela postou, nossa bolsa foi vendida”, declarou Flávia, em vídeo publicado em seu perfil do Instagram. Veja:

Ao anunciar a venda nesta terça-feira, 28, Teles deixou claro que o valor obtido com a bolsa de couro caviar seria destinado às vítimas das enchentes na Bahia. Ela pediu, inclusive, que somente quem tivesse realmente interessado a contatasse e demonstrou urgência na venda para a doação do recurso. “Eles não podem esperar #SOSBahia”, complementou.

Flávia ainda afirmou que não faria uma rifa justamente pelo prazo apertado e a correria de fim de ano. Além de anunciar a venda da bolsa, Telles compartilhou uma publicação do Alok, realizada em sua conta do Twitter, onde o DJ afirma ter feito uma doação de cerca de R$ 100 mil reais, através do Instituto Alok, que foi transferido para a instituição Ações da Cidadania, que atua na linha de frente no apoio às vítimas.

“Estou doando 100 mil reais através do Instituto Alok para ajudar a socorrer as famílias atingidas pelas enchentes no sul da Bahia. O recurso foi transferido para a instituição Ações da Cidadania contra a Fome que está atuando na linha de frente. Quero pedir para que vocês se juntem a nós com a quantia que puderem”, escreveu o DJ nas publicações.

A publicação compartilhada ainda conta com dados da conta da campanha Natal Sem Fome para que os interessados em apoiar às vítimas das enchentes possam fazer doações.

Veja a publicação do DJ em que foi realizada a solicitação das doações

Enchentes na Bahia

Cerca de 100 municípios já declararam situação de emergência no estado da Bahia após serem vítimas de enchentes que prejudicou mais de 470 mil moradores, deixando pelo menos 31 mil desabrigados e 20 mortos. Nesta terça-feira, 28, o governador de Goiás, Ronaldo Caiado (DEM), chegou a enviar oito bombeiros militares para reforçar o atendimento às vítimas.

Em entrevista coletiva fornecida, o governador da Bahia, Rui Costa (PT) chegou a declarar que o estado atravessa “o maior desastre natural da história” e que ainda não é possível saber quando a reconstrução das áreas afetadas irá começar.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.