Vitor Hugo testa positivo para Covid-19 e se torna sétimo caso simultâneo entre políticos goianos

Além do governadoriável, também testaram positivo Adriana Accorsi, Lívio Luciano, Edward Madureira, Sabrina Garcêz, Cristiano Cunha e Eudes Rodrigues. Só nos primeiros 20 dias deste mês foram notificadas cerca de 35 mil pessoas com Coronavírus em Goiás

O alto índice de casos de Covid-19 também está assolando os políticos do Estado. Neste momento, há pelo menos sete políticos que testaram positivo para o vírus. O mais recente, na última sexta-feira, 21, foi o deputado federal Major Vitor Hugo (hoje no PSL). Ele apresenta sintomas leves. Além do social-liberal, também estão contaminados o prefeito de Novo Planalto, Eudes Rodrigues (MDB), o presidente do Diretório Metropolitano do Democratas, Lívio Luciano, o ex-reitor da Universidade Federal de Goiás (UFG) Edward Madureira (sem partido), a vereadora Sabrina Garcêz (PSD), a deputada estadual Adriana Accorsi (PT) e o presidente do Partido Verde (PV) em Goiás, Cristiano Cunha.

De acordo com a Secretaria de Estado da Saúde de Goiás (SES-GO), só nos primeiros 20 dias deste mês foram notificadas cerca de 35 mil pessoas com a Covid-19 em Goiás. Todos os políticos que testaram positivo nestas semanas devem retornar as atividades em até dez dias. Nenhum deles apresentou sintomas mais graves, precisou ser internado ou intubado. É o caso, por exemplo, de Vitor Hugo.

Segundo ele, não apresenta sintomas mais graves do vírus e, desde o resultado positivo, ficou isolado na residência onde vive. O social-liberal, que também é pré-candidato ao governo de Goiás, fez questão de enfatizar que esta foi o primeiro teste positivo para o novo coronavírus, desde o início da pandemia, em meados de março de 2020. “Testei positivo para a Covid-19. Estou com sintomas leves e isolado em casa. Em breve voltarei com as agendas presenciais”, comentou o político.  

Adriana Accorsi também se recupera em casa. Vacinada com as duas doses, a deputada petista atribuiu a não evolução da doença à imunização. “Estou com sintomas leves e sigo me recuperando em casa, onde estou isolada com a minha família. Tomei todas as vacinas, fato que justifica a não evolução para um quadro grave da doença”, disse.Já o presidente do PV contou que ele o filho testaram positivo. Ambos estão bem. Defensor da vacina, ele afirmou que teve sintomas leves. O filho, no entanto, teve febre e tosse.

A explosão de casos que tem afetado o meio político este ano inclui também o senador Luiz do Carmo (MDB), que testou positivo no início do ano e foi se recuperar somente no final desta última semana. Ele já retomou as agendas.  

Cenário

Segundo a SES, há 999.326 casos de doença pelo Coronavírus no território goiano até este sábado, 22. Destes, há o registro de 953.302 pessoas recuperadas e 24.858 óbitos confirmados. Isso significa uma taxa de letalidade de 2,49%. Além desses, há 394 óbitos suspeitos que estão em investigação, bem como outros 666.660 casos suspeitos em apuração. Entre os suspeitos, já foram descartados 297.887 casos.

Levantamento da Secretaria de Saúde mostra que, referente à primeira dose, foram aplicadas 5.292.713 doses das vacinas contra a Covid-19 em todo o Estado. Em relação à segunda dose e a dose única, foram vacinadas 4.533.793 pessoas, também nesse mesmo período.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.