Vitor Hugo defende proibição de réus como candidatos para presidência da Câmara

Deputado federal ainda quer que votação seja aberta

Major Vitor Hugo | Foto: Fernando Leite/Jornal Opção

O deputado federal Vitor Hugo (PSL) apresentou dois Projetos de Resolução (PRC), nessa sexta-feira, 16, na Câmara dos Deputados para modificar o Regimento Interno da Câmara dos Deputados a respeito das eleições para a presidência da Casa. O primeiro visa garantir que a votação seja aberta, e outro que altera o as regras para proibir que réus por crimes contra a Administração Pública possam ser candidatos.

Com esses projetos, o deputado pretende mudar o cenário de confiança na Câmara. “A Câmara é justamente um dos órgãos em que a população brasileira menos confia. Talvez seja porque vários ex-presidentes da câmara foram presos, foram acusados, delatados e nós não podemos deixar que pessoas assim continuem no poder”, argumenta.

“A população brasileira tem o direito de saber em quem o seu deputado vota, quem ele está escolhendo para a Presidência da Câmara. E também acho fundamental que réus por crimes contra a Administração Pública não possam se candidatar. É incoerente deixar que pessoas assim cheguem ao cargo máximo de poder da Casa”, afirma o deputado.

“Eu tenho certeza absoluta que a partir da aprovação dos projetos, a corrida para a Presidência da Câmara dos Deputados vai se alterar completamente e nós poderemos aumentar as chances de termos o futuro líder máximo dessa Casa Legislativa mais alinhado com os valores que trouxeram o nosso presidente Jair Bolsonaro ao poder”, defende Vitor Hugo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.