Vítimas denunciam estudante que atua como dentista em Aparecida de Goiânia

Quatro pacientes pagaram, ao todo, R$ 136 mil por tratamentos odontológicos e contam que tiveram problemas após serviço

Leomar de Sousa Silva é acusado de atuar em clínica como dentista sem formação específica | Foto: reprodução

Ao menos quatro pessoas denunciaram o estudante Leomar de Sousa Silva, de 51 anos, por atuar como dentista sem formação, na clínica Excelência Odontologia, localizada em Aparecida de Goiânia. Documento cedido pela Universidade Paulista afirma que Leomar ainda estuda no 8º período de Odontologia.

Uma das vítimas, que mora nos Estados Unidos e veio ao Brasil para fazer o tratamento dentário na clínica, afirma que pagou R$ 35 mil pelo serviço de implante e faceta. “Agora, estou procurando outro profissional aqui para poder consertar meus dentes. Tem um que está quase caindo”, contou.

Também residente nos Estados Unidos, o Nadson Rodrigues Borges, que chegou a investir dinheiro na clínica, também afirma que foi enganado por leomar que garante que é dentista e professor universitário e que está tendo problemas nos dentes, após o tratamento. Ele conta que no ano passado veio ao Brasil e que também R$ 35 mil pelo tratamento dentário.

Clínica onde Leomar de Sousa Silva atende seus clientes | Foto: Reprodução

“Teve um dia que fiquei sete horas na cadeira com ele mexendo na minha boca. Ele fez um implante, colocou as facetas e disse que terminaria o implante quando eu voltasse ao Brasil, mas nesse meio tempo comecei a ter problemas nas facetas, deu infiltração e eu descobri que ele não era dentista mesmo”, falou a vítima.

Luiz Carlos Martins, que mora na Suíça, também passou mesmo problema. Ele afirma que veio ao Brasil visitar a mãe e foi convencido a fazer o tratamento na clínica com o Leomar. “Paguei R$ 16 mil e agora vou ter que arrumar outro dentista aqui para arrumar o que ele fez. E aqui tudo é muito caro, não sei o que vou fazer”, desabafou.

Já a empresária Valdete Martins da Silva, que mora em Goiânia, registou uma denúncia no 1º DP de Aparecida de Goiânia contra Leomar. Ela pagou R$ 50 mil e também teve problemas nos dentes.

Duas delas, que não moram no Brasil, gravaram vídeos afirmando que chegaram a pagar quase R$ 50 mil pelos tratamentos dentários e que tiveram problemas decorridos do serviço prestado.

As vítimas também fizeram uma representação contra o falso dentista no Conselho Regional de Odontologia (CRO-GO). De acordo com o presidente da Comissão de Ética do CRO, André Luiz Boaventura, após a denúncia, foi feita uma fiscalização no local onde funcionava a clínica Excelência Odontologia, mas não habia nada no prédio.

O presidente informou ainda que Leomar é registrado no Conselho como técnico em protése dentária e jamais poderia realizar nenhum tipo de procedimento em paciente. “Se for comprovado que ele fazia o exerício ilegal da profissão, ele pode ter o diploma de técnico cassado, e até mesmo ser preso, pois isso configura crime”, explicou André Luiz.

A reportagem também tentou entrar em contato com Leomar, mas não conseguiu retorno até a publicação desta matéria.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Agda Pereira

pra mim estes canalhas estes bandidos tem q ser preso….lugar de bandidos e na cadeia….

Liliane Moura

Tben fui lesada eles e principalmente pela sua esposa… Quero entra com a denúncia tben … Como faço ?