Virmondes Cruvinel articula derrubada de aumento na taxação de energia solar

Parlamentar estuda, juntamente com a OAB, possibilidade de ingressar com ação judicial contra resolução que permite taxação por parte da Aneel 

Deputado estadual Virmondes Cruvinel (Cidadania)| Foto: Marcos Kennedy/Alego

À frente da Comissão de Minas e Energia da Assembleia Legislativa de Goiás (Alego), o deputado Virmondes Cruvinel (Cidadania) registrou sua indignação contra o aumento — em mais de 60% — proposto pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) na taxa de energia solar produzida em todo o País. O assunto foi colocado em debate pelo parlamentar, inclusive, no Fórum de Setor Energético.

Segundo Virmondes, até o momento, duas ações importantes foram tomadas.  “Primeiro, estivemos na Comissão de Energia da OAB [Ordem dos Advogados do Brasil], onde foi sinalizada a possibilidade de entrarmos com uma ação judicial contra a Resolução 482, para tentar impedir esse abuso por parte da Aneel. A segunda ação concreta foi uma viagem a Brasília, para audiência com o senador Vanderlan Cardoso, solicitando apoio na causa”, elencou.

Em Brasília, no encontro com o senador Vanderlan Cardoso, Virmondes viajou acompanhado do ex-deputado Simeyzon Silveira; do diretor regional da Associação Brasileira de Geração Distribuída (ABGD Goiás), Carlos Cunha; e do coordenador da Comissão de Minas e Energia da Assembleia, Lourival Fonseca Jr.

“Juntos, fizemos uma visita ao líder do Governo no Congresso, senador Eduardo Gomes, do Tocantins. Pedimos apoio para a nossa luta referente à não taxação de energia solar, e, também, para que possa ser prorrogada a discussão acerca da Resolução 482 nos Estados. A ideia é fazer uma Audiência Pública aqui em Goiás para mostrar que o cidadão não aceita esse abuso que a Aneel está propondo”, explicou o parlamentar.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.