Vinícius Cirqueira lamenta “prejuízo político” ao comentar decisão pela cassação de seu mandato na Alego

“As pessoas apenas ouvem na imprensa essa notícia e acabam não aprofundando no mérito”, argumentou o parlamentar que ingressou com um recurso logo após ser notificado da decisão

Foto: Fernando Leite/Jornal Opção

Após o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) confirmar a cassação do mandato do deputado estadual Vinícius Cirqueira (Pros), o parlamentar ingressou com recurso e declarou, na manhã desta quinta-feira, 7, que segue aguardando a manifestação da Justiça no que diz respeito as alegações apresentadas por sua defesa.

Cirqueira, que segue em pleno exercício do mandato de deputado na Assembleia Legislativa de Goiás (Alego), garantiu que apesar do desconforto trazido pelo assunto, suas atividades no Legislativo não foram prejudicadas.

“No Parlamento não, agora, politicamente, sim. Há um prejuízo pois as pessoas apenas ouvem na imprensa essa notícia e acabam não aprofundando no mérito”, declarou.

Em justificativa, Cirqueira explicou que “os gastos [com campanha] foram distribuídos a todos os candidatos que concorreram na chapa”. “Não cabia a mim saber qual a forma de pagamento que foi realizada”, argumentou.

Vale lembrar que a decisão do TSE pela cassação do mandato do deputado, segue a decisão adotada pelo Tribunal Regional Eleitoral (TRE), em janeiro do ano passado, que considerou que houve utilização de cartões de débito oferecidos pelo Pros para despesas eleitorais não comprovadas.

O procurador eleitoral Alexandre Moreira dos Santos, na ocasião, destacou que foram omitidos R$ 193 mil, valor que representa 41% do montante total utilizado na campanha do deputado do Pros.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.