Vilmar Rocha se diz surpreso com acerto de Lissauer no Progressistas

Presidente do PSD aponta que decisão das regras das eleições de 2022 é que definirão estratégias políticas

Vilmar Rocha, presidente do PSD | Foto: Fernando Leite/Jornal Opção

O ex-deputado federal Vilmar Rocha (PSD) admitiu que ficou surpreso com a repercussão do acerto de Lissauer Vieira (PSB) com o Progressistas. Apesar disso, o presidente estadual do PSD crê que a estratégia poderá ser revertida e acredita na filiação do presidente da Assembleia Legislativa de Goiás (Alego) em sua sigla.

Para Vilmar Rocha, o anúncio é apenas um lance de jogo político. “Essa expectativa (de vinda Lissauer Vieira para o PSD) continua. Eu sempre busquei a volta dele ao PSD. Sempre tivemos excelente relacionamento. Foi surpresa (o acerto com o PP)”, revelou o ex-deputado federal.

O presidente do partido informou que não chegou a conversar com o presidente da Alego nem antes, nem depois do anúncio. Mesmo assim, se posicionou. “Na minha avaliação, é mais um lance do jogo político, não acredito que seja definitivo esse posicionamento dele”, ponderou Vilmar Rocha.

Para justificar seu posicionamento, o ex-deputado federal apresentou duas razões. A primeira tem relação com a janela partidária. Somente em março de 2022 se iniciará o período de 30 dias para que os políticos façam a mudança de sigla. “Até lá, tem muita coisa para acontecer”, disse Vilmar Rocha.

Outro fator é a definição das regras eleitorais, em votação no Congresso Nacional. “O mais importante para definir o quadro político, tanto em nível nacional, quanto em estadual, é a votação das regras do jogo para eleições do ano que vem. O ponto principal é sobre as coligações proporcionais. Vamos saber daqui 30 dias”, pontuou o político do PSD.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.