Vilmar Rocha está se isolando do PSD

Movimentações do presidente do partido em direção à oposição estão desagradando aliados próximos, como o deputado federal Thiago Peixoto, que prefere aliança com Zé Eliton e Marconi

Presidente do PSD, ex-deputado Vilmar Rocha – Foto: Fernando Leite/Jornal Opção

As movimentações do ex-secretário Vilmar Rocha (PSD) têm incomodado aliados muito próximos. Neste grupo está o também ex-secretário e deputado federal Thiago Peixoto, figura com grande circulação nos municípios goianos e hoje o único parlamentar federal de Goiás do partido desde que Heuler Cruvinel foi para o PP de Alexandre Baldy, justamente por conta do voo solo e isolado de Vilmar em direção à oposição. Thiago tem começado a se posicionar contra as atitudes do correligionário.

Vilmar, que é presidente regional do PSD em Goiás, tem se declarado publicamente contra a aliança do partido em 2018 com o governador José Eliton (PSDB) e com o ex-governador Marconi Perillo (PSDB). Mais do que declarações públicas e entrevistas onde expressa apenas sua opinião pessoal, o ex-deputado também tenta trabalhar nos bastidores para que a legenda deixe a base aliada.

O grande problema de Vilmar Rocha é o isolamento. Em busca de conseguir a fórceps uma vaga na chapa majoritária do Senado, que é seu grande sonho, ele tem desconsiderado o que seus correligionários pensam. O PSD participou dos dois últimos governos de Marconi Perillo e se estruturou na base de apoio. Aliás, o próprio Vilmar é aliado de longa data do tucano. Agora, em busca da realização de um sonho particular, ele quer rasgar e queimar esse passado.

O projeto de Vilmar Rocha tem encontrado rejeição do topo até a base do PSD. Não concordam com negociações com o MDB de Daniel Vilela ou o DEM de Ronaldo Caiado nem Thiago Peixoto e nem os deputados estaduais do partido: Francisco Júnior, Lucas Calil e Simeyzon Silveira. Estes dois últimos, recém-chegados ao partido, só se filiaram acreditando na aliança do partido com a base. Caminhar com o grupo de Zé Eliton e Marconi é também o desejo da maioria de prefeitos e vereadores do partido em Goiás.

Pessoas politicamente mais próximas de Vilmar Rocha têm achado estranho o recente comportamento quixotesco do presidente do PSD. Estranham o egocentrismo e o egoísmo de uma figura pública que sempre disse se pautar pelo desejo da maioria. Estranham, mais ainda, o fato do ex-deputado estar tentando dar as costas ao grupo da pessoa que o impediu de cair no ostracismo político e ao qual ele declarou milhões de vezes que jamais trairia: Marconi Perillo.

5 respostas para “Vilmar Rocha está se isolando do PSD”

  1. Adalberto de Queiroz disse:

    A atitude do Vilmar Rocha é de auto-defesa. O grupo marconista o isolou. A matéria poderia ter levado isso em conta, mas “só que não” o fez.

  2. Fabiano Oliveira disse:

    Tá naaaada !!! Professor Wilmar Tocha é líder no PSD e com certeza saberá guiar os rumos do partido na direção certa !!

  3. Fabiano Oliveira disse:

    VILMAR ROCHA

  4. Luciano Almeida disse:

    O comportamento político de Vilmar Rocha revela para a população de Goiás a verdade que a comunidade de Niquelândia – terra natal desse cidadão – sabe há décadas: desde os tempos da antiga Arena o seu projeto sempre foi pessoal, e só. Apesar das expressivas votações que Niquelândia lhe proporcionou em mais de 40 anos de mandatos sucessivos não há uma realização importante para o município que seja resultado do seu trabalho; nenhuma escola, faculdade, hospital, distrito agroindustria, rodovial: rigorosamente nada. Espera-se que a ingratidão consumada – para com os eleitores e as lideranças que sempre o prestigiaram – resulte na sua definitiva aposentadoria e esquecimento. Já foi tarde!

  5. Jair Teodoro disse:

    Será que ele não se toca, a votação que obteve para o Senado foi através do prestígio do MARCONI. Tomara que saia candidato para Senador para ver a pancada

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.