Vídeo “íntimo” de Sabrina Sato faz parte de campanha publicitária. Assista

Ação ajuda a divulgar uma marca de absorventes e atenta quanto ao vazamento de vídeos íntimos na internet

Foto: Reprodução/Youtube

Foto: Reprodução/Youtube

A “carona” de um pica-pau a um furão e o mau gosto da marca de camisetas do Luciano Huck não foram as únicas polêmicas que tomaram as redes sociais na última terça-feira (3/3). No início da noite, um suposto vídeo íntimo da apresentadora da TV Record Sabrina Sato chamou a atenção dos internautas, que passaram a questionar a veracidade das imagens.

Menos de 24 horas após o “vazamento”, a origem da gravação veio à tona e os boatos de que o vídeo, na verdade, fazia parte de uma campanha publicitária se confirmaram. A empresa P&G, responsável pela propaganda, confirmou a informação por meio de sua assessoria de imprensa na manhã desta quarta-feira (4).

A campanha #juntascontravazamentos ajuda a divulgar uma marca de absorventes, com um óbvio trocadilho entre o vazamento de vídeos íntimos na internet e o período menstrual da mulher.

“Fiquei muito honrada com o convite para ser porta voz dessa causa tão importante, especialmente para nós mulheres. Esse é um problema que se torna cada dia mais frequente e os números mostram isso: só no Brasil, no ano passado, a Safernet contabilizou 224 casos onde 81% apontavam as mulheres como principais vitimas”, relata Sabrina.

A empresa divulgou a versão completa do filme que traz um depoimento da apresentadora sobre o tema, além de relatos de mulheres que sofreram com a exposição na internet. Assista:

Confira na íntegra o suposto vídeo íntimo da cantora “vazado”, na última terça-feira, na internet:

Deixe um comentário