Vídeo: “Acabou a república da cobra”, diz autora do impeachment em protesto

Discurso inflamado da advogada em favor do impeachment da presidente Dilma Rousseff (PT) viralizou nas redes sociais

Uma das autoras do pedido de impeachment contra a presidente Dilma Rousseff (PT), a professora e advogada Janaína Paschoal virou assunto nas redes socias depois depois de um discurso acalorado durante manifestação na noite da última segunda-feira (4/3), em São Paulo.
Paschoal utilizou o palanque para defender mais uma vez o afastamento da presidente.

“Acabou a República da Cobra. Impeachment já!”. Em outro momento do discurso, a advogada afirmou que “as cobras que estão no poder estão se aproveitando para se perpeturar. Eles se fortalecem no nosso medo, na ambição desmedida”.

A referência ao animal, utilizada por Janaína, remete à fala do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) após ter sido levado coercitivamente pela Polícia Federal para prestar depoimento em uma fase da Operação Lava Jato, no início de março. Na ocasião, Lula afirmou, em discurso, que “se quiseram matar a jararaca, não bateram na cabeça, bateram no rabo”.

Ainda em discurso, Janaína completou: “Mais do que parar para refletir sobre o impeachment, que tem motivos de sobra, queremos servir a uma cobra? Nós somos muitos Migueis, muitas Janainas, não vamos deixar essa cobra dominando porque somos seres de almas livres”, disse. “Não vamos abaixar a cabeça”. A plateia aclamou Janaína, em gritos de “Jana, a Diva”.

O ato no Largo do São Francisco, em frente à faculdade de Direito da Universidade de São Paulo (USP), no centro da capital paulista, reuniu cerca de 3 mil manifestantes. Entre os presentes estavam os outros dois autores do pedido de impeachment, o promotor aposentado Hélio Bicudo e o ex-ministro da Justiça Miguel Reale Júnior.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.