Vereadores identificam descarte irregular de chorume no aterro de Goiânia

Presidentes da Comurg e Saneago foram convocados para prestar esclarecimento sobre o descarte dos detritos

Foto: Divulgação / Facebook

A Comissão Especial de Inquérito (CEI) que investiga as origens do mau cheiro na Região Norte de Goiânia identificou, durante visita ao aterro sanitário da cidade, que o lançamento do chorume tem sido feito de forma irregular.

O produto resultante da decomposição do lixo estava sendo lançado diretamente na rede de esgoto. Técnicos da prefeitura que estavam no local admitiram que o procedimento não é adequado, mas que está sendo feito de maneira provisória. “Não sabemos para onde vai essa rede. Vai para a ETE [Estação de Tratamento de Esgoto] mesmo? Ou vai para algum leito de rio ou córrego da capital? A CEI vai investigar essa situação”, disse o presidente da comissão, vereador Cabo Senna (PRP).

A comissão constatou que uma mangueira transfere os dejetos diretamente para galeiras da rede de esgoto e ainda dois caminhões trabalham durante o dia para também fazer esse transporte do chorume.

Estão convocados para prestar esclarecimentos à CEI sobre a situação os presidentes da Comurg, Denes Pereira, e da Saneago, Jalles Fontoura. A oitiva está prevista para a próxima semana.

A visita foi acompanhada pela gerência de monitoramento da Agência Municipal de Meio Ambiente (Amma) que constatou que, além de não existir licença ambiental para esse lançamento, existe um acordo não informado aos órgãos de controle ambiental, no qual o aterro leva o chorume para a estação de tratamento que, por sua vez, devolve ao aterro o lodo ativo,  ambos produtos da decomposição do lixo.

“A nossa preocupação é com o descarte desses dois detritos porque são substâncias que não podem de maneira alguma entrar em contato com o lençol freático. Vamos verificar, além da questão do mau cheiro, se esse descarte não está contaminando e poluindo também a água limpa”, disse o vereador Lucas Kitão (PSL), relator da CEI.

Deixe um comentário