Vereadores derrubam veto sobre criação do Fundo Especial da Câmara de Goiânia

Poder Legislativo recebe mensalmente o chamado duodécimo. Atualmente, o que não é gasto precisa ser devolvido ao Executivo

Foto: Reprodução

A Câmara derrubou por 19 votos contra 5 o veto parcial ao projeto de criação do Fundo Especial da Câmara Municipal de Goiânia. A proposta de autoria do presidente da Casa, Romário Policarpo (Patriota), tem como objetivo evitar que recursos do duodécimo sejam devolvidos ao Executivo ao fim de cada ano, como ocorre atualmente.

A vereadora Dra. Cristina (PSDB) foi uma das parlamentares que defendeu a derrubada do veto, “por acreditar na independência e na valorização do Legislativo”. O decano da Casa, Anselmo Pereira (PSDB), também defendeu a rejeição e afirmou que uma nova sede precisa ser construída no Park Lozandes para que a Avenida Leste Oeste passe no terreno da atual sede.

Já os vereadores Andrey Azeredo (MDB) e Paulo Magalhães (PSD) defenderam a manutenção do veto, mas acabaram sendo voto vencido em relação à proposta.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.