Vereadores aprovam proibição de canudinhos de plástico em Goiânia

Projeto obriga hotéis, bares, restaurantes e similares autorizados pela prefeitura a usarem e fornecerem canudo biodegradável e/ou reciclável

Foto: Fernando Leite | Jornal Opção

Durante discussão do projeto de lei que proíbe o uso de canudinhos de material plásticos em todos os estabelecimentos comerciais da capital, o vereador Gustavo Cruvinel (PV) retirou emenda de sua autoria que ampliava o prazo para adequação das empresas de 180 dias para dois anos. Em seguida, o projeto foi aprovado em segunda votação. 

Em sua fala, o autor da emenda explicou que realizou uma pesquisa mais apurada sobre o tema e entendeu a importância da medida. “Peço a retirada da emenda por entender que o tempo é hábil para a adequação dos estabelecimentos comerciais”, argumentou Cruvinel.

A matéria de autoria do presidente da Câmara, vereador Romário Policarpo (Pros), prevê que, no lugar de canudos de plástico poderão ser fornecidos canudos em papel reciclável, material comestível ou biodegradáveis, embalados individualmente em envelopes hermeticamente fechados feitos do mesmo material.

Segundo o projeto de lei, está prevista multa de até R$ 13 mil e até mesmo o fechamento administrativo aos estabelecimentos que infringirem sucessivamente a norma.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.