Vereadora quer que prefeitura disponibilize dados sobre contrato com IdTech

Priscilla Tejota (PSD) fez pedido para averiguar termos da contratação que, pontua, é antiga e teve mais de 20 aditivos desde que foi firmada, inicialmente sem licitação

A vereadora Priscilla Tejota (PSD) solicitou à Prefeitura de Goiânia que encaminhe os balancetes do contrato com o Instituto de Desenvolvimento Tecnológico e Humano (IdTech), para a gestão do Centro de Atendimento Integral à Saúde (Ciams) Novo Horizonte, na Vila Novo Horizonte, em Goiânia.

Ainda não há irregularidades comprovadas, esclarece ela, mas os termos do contrato chamam atenção. A vereadora lembra que o contrato, bastante antigo, foi celebrado inicialmente sem licitação e que, por isso, os mais de 20 aditivos devem ser averiguados.

“Eu fui do Tribunal de Contas do Estado (TCE) e a gente sempre desconfia de contratos muito antigos, que não são renegociados. O IdTech não é a única Organização Social (OS) no mercado, não é a única que pode prestar o serviço”, pontua ela.,

Em nota,o IdTech disse “que presta contas rigorosamente à Controladoria Geral do Município (TCM) e demais órgãos de controle interno e externo e que preza pela qualidade dos serviços prestados na área da saúde”.

Veja a resposta na íntegra:

Sobre o contrato de gestão com a Prefeitura de Goiânia, o Instituto de Desenvolvimento Tecnológico e Humano (Idtech) informa que presta contas rigorosamente à Controladoria Geral do Município (TCM) e demais órgãos de controle interno e externo e que preza pela qualidade dos serviços prestados na área da saúde. A Organização está de portas abertas para a vereadora Priscilla Tejota, bem como toda a Câmara de Vereadores e sociedade conferirem de perto o trabalho prestado.

 

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.