Vereadora e pais de alunos vão ao MP exigir vagas nos Cmeis de Goiânia

Denúncia contra a SME por impedir a permanência de crianças entre três anos e meio e cinco anos nos CMEIS será protocolada nesta sexta-feira (23)

Foto: Reprodução

A vereadora Sabrina Garcez (PTB), acompanhada de um grupo de pais, vai nesta quinta-feira às 11h até a sede do Ministério Público Estadual (MP-GO) para protocolar denúncia contra a Secretaria Municipal de Educação (SME) por impedir que crianças com mais de três permaneçam matriculadas nos CMEIs da capital.

Durante esta semana, a vereadora usou a tribuna da Câmara Municipal para denunciar que foi procurada por pais de alunos revoltados com a informação sobre a decisão da SME de não aceitar matrículas dos seus filhos.

Os responsáveis pelas crianças foram informados que elas deveriam ser encaminhadas para as escolas que possuem turmas de pré-primário, que funcionam em período parcial. A vereadora ressaltou que, ao contrário das escolas, os CMEIS atendem as crianças em período integral e ainda servem refeições. “Muitos pais estão preocupados com a mudança e é responsabilidade da Prefeitura oferecer vagas nos CMEIS para crianças com até cinco anos”, lembrou Sabrina.

A parlamentar apresentou requerimento pedindo explicações ao prefeito Iris Rezende (MDB) e ao secretário de Educação, Marcelo Ferreira da Costa. Ela alega que a situação está prejudicando as famílias em situação de vulnerabilidade social e financeira, que foram pegas de surpresa e não possuem condições de deixar seu trabalho para cuidarem dos filhos, uma vez que os CMEIS garantiam o trabalho regular dessas famílias que podiam deixar os filhos em tempo integral nos Centros Municipais.

Passados mais de vinte dias do pedido de explicações e sem solução para o problema, a vereadora decidiu recorrer ao MP. A denúncia será feita junto à promotora Maria Bernadete Ramos Crispim, da 42ª Promotoria de Justiça.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.