Vereadora diz haver indícios para processo de impeachment contra Iris Rezende

Dra Cristina destaca irregularidades do Município com a saúde. Solicitação de abertura do processo será feita por Alysson Lima (PRB)

A possível instauração do processo de impeachment do prefeito de Goiânia, Iris Rezende (MDB), começa a ganhar coro entre parlamentares. Nesta quinta-feira, 2, a vereadora Dra Cristina (PSDB) afirmou ao Jornal Opção haver fundamentações que podem dar base para a instauração do processo.

O anúncio da solicitação foi feito pelo deputado Alysson Lima (PRB), na última terça-feira. Usando a tribuna da Assembleia Legislativa de Goiás (Alego), o deputado indicou que os pilares da fundamentação do pedido serão as obras paradas na Educação Infantil e crises nos postos de saúde, os quais o deputado classifica como “abandono”.

Indícios

Para a vereadora Dra Cristina, o pedido de impedimento é direito de qualquer cidadão e diz que é necessário aguardar a fundamentação. Mas adianta ver indícios de base jurídica sólida. Portanto, para a parlamentar, o processo deve prosperar.

“Nós vemos uma série de descompromissos do prefeito com o que é de obrigação do Município. A saúde foi desconstruída em Goiânia, as nossas unidades básicas estão falidas, não estão conseguindo prestar um atendimento que elas têm, o prefeito está deixando de cumprir uma obrigação constitucional que compete a ele”, defende a parlamentar.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.