Vereador vai à Justiça contra cobrança de estacionamento em rua próxima à pecuária

Romário Policarpo também disse que questionará a prefeitura sobre a autorização para realização dos shows no local que, segundo ele, atrapalham os moradores da região

Rua 250 foi interditada durante os dias de realização do evento | Foto: Reprodução / Facebook

O vereador Romário Policarpo (PTC) afirmou neste domingo (21/5) que vai recorrer à Justiça contra o fechamento da via e a cobrança por estacionamento na rua 250, no setor Vila Nova, em Goiânia, ao lado do Parque de Exposições Agropecuário.

O parlamentar afirma que já acionou a Prefeitura de Goiânia sobre o assunto e que também pretende recorrer à Justiça, porque considera ilegal a cobrança por estacionamento no local.

Em um vídeo postado nas redes sociais, ele mostra a entrada da rua interditada, com um sinal de aviso de estacionamento. Segundo ele, o valor para deixar o carro no local é de R$ 20,00.

“A pecuária já incomoda os moradores da região Norte há muitos anos por conta do barulho e dos transtornos. Vou questionar na prefeitura como se deu a autorização para a realização dos shows no local e vamos à Justiça contra essa cobrança ilegal”.

Policarpo afirmou ainda que é contra a realização do evento no local pois, segundo ele, tira a tranquilidade dos moradores da região. “Vamos continuar lutando para que os moradores da região norte, Criméia Leste e Vila Nova possam ter a paz que a realização da pecuária retira de nós há muitos anos”, afirmou.

A tradicional Exposição Agropecuária de Goiás já, em sua 72ª edição, é organizada pela Sociedade Goiana de Pecuária e Agricultura (SGPA). A programação de 2017, com exposições, atrações e shows musicais, começou na última sexta-feira (19) e vai até o dia 28 de maio.

A reportagem procurou a SGPA para se posicionar sobre o assunto e atualizará a matéria assim que obtiver resposta.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.