Pré-candidato a prefeito, trabalhadores e populares vão parar na delegacia após confusão em construção de cemitério em Goianira

Trabalhadores da Prefeitura teriam disparado jato d’água contra a população que protestava nos arredores da obra. Revoltados, populares decidiram impedir a saída deles

Colchete foi trancado na tentativa de impedir saída dos caminhões da prefeitura / Foto: Reprodução

Uma confusão envolvendo trabalhadores a serviço da prefeitura de Goianira, populares e o vereador Professor Júnior (PSB) terminou na delegacia, na manhã deste sábado, 15.

Conforme apurado pela reportagem, populares manifestavam contra a implantação de um cemitério próximo a uma área residencial nas dependências do bairro Los Angeles do município.

Inconformados com a represália dos trabalhadores da prefeitura que, segundo o próprio vereador, revidou às manifestações disparando jatos d’água contra os moradores, eles resolveram impedir a saída dos trabalhadores trancando o colchete com um cadeado.

Vereador afastado Professor Júnior / Foto: Reprodução

Em seguida, os trabalhadores acionaram a Polícia Militar que resolveu conduzir os envolvidos para a delegacia de Trindade — os atendimentos em Goianira acontecem apenas de segunda a sexta-feira.

Todos os envolvidos foram ouvidos pelo delegado e, em seguida, liberados. Diferente do que tem sido ventilado, não houve agressões físicas entre as partes envolvidas na confusão.

O vereador, que atualmente encontra-se afastado do cargo, já conta com uma decisão da Justiça para que seja reempossado, o que deve acontecer em breve. Ele também se coloca como pré-candidato na disputa pela prefeitura este ano. Vale lembrar que atualmente a cidade é administrada pelo prefeito Carlão da Fox (PSDB).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.