Vereador sugere privatização do aterro sanitário de Goiânia

CEI do Mau Cheiro da Câmara Municipal constatou que há anos o chorume vem sendo descartado de maneira irregular 

Vereador Lucas Kitão | Foto: Alberto Maia / Câmara Municipal

 

O relator da Comissão Especial de Inquérito (CEI) que investiga o mau cheiro na região norte de Goiânia, vereador Lucas Kitão (PSL), acredita que a melhor solução para os problemas do aterro sanitário da capital seria a privatização.

Para ele, muitos recursos acabam sendo desperdiçados pela má gestão do lixo.
“O lixo pode ter um papel muito mais importante na sociedade com a participação de associações de pessoas que fazem o trabalho de reciclagem. Além de preservar o meio ambiente também se pode aproveitar o recurso financeiro que está sendo desperdiçado ali”, avaliou.

Na semana passada, os vereadores da CEI constataram em visita ao local que o chorume tem sido descartado de forma irregular e a situação já se arrasta há muitos anos. “Uma empresa privada teria muito mais condições de dar as soluções rápidas necessárias sem a burocracia que a prefeitura enfrenta”, argumentou.

Ao Jornal Opção ele disse ainda que a sugestão pode constar no relatório final da CEI, caso haja consenso entre os demais integrantes.

Na próxima semana, o colegiado receberá o presidente da Comurg, Denes Pereira, e da Saneago, Jalles Fontoura, que prestarão esclarecimentos sobre o descarte do chorume.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

PAULO CESAR VIEIRA DE ALENCAR

Privatizar, privatizar, privatizar……maneira fácil de ganhar um dinheirinho né?