Vereador solicita instalação de CEI que vai investigar ações da Saneago em Goiânia

Requerimento foi do parlamentar GCM Romário Policarpo (PTC) apresentado nesta quarta-feira (23/5)

Vereador Romário Policarpo | Foto: Fernando Leite / Jornal Opção

Foi feita ao presidente da Câmara Municipal, Andrey Azeredo (MDB), nesta quarta-feira (23/5), a solicitação de instalação da Comissão Especial de Inquérito (CEI) para apuração de atos e ações da Companhia de Saneamento de Goiás (Saneago). Com apresentação do vereador GCM Romário Policaropo (PTC) o documento conta com um total de 24 assinaturas não precisando ser submetido a Plenário para aprovação.

De acordo com o vereador, a justificativa do pedido, além do interesse social, são os problemas que a população goianiense vem sofrendo com a qualidade do saneamento e a falta de distribuição de água, principalmente nos períodos de estiagem.

“Não ocorre vistoria regular das outorgas e a população não é bem informada quanto ao saneamento e a distribuição das redes de água e esgoto […] A fim de resolver o impasse entre a concessionária e a população, esta comissão visa investigar se há erros de gestão, tanto pela Saneago quanto pela Prefeitura, que criou a Agência de Regulação, Controle e Fiscalização de Serviços Públicos concedidos, permitidos ou autorizados no âmbito do Município de Goiânia”, acrescenta”, disse Policarpo.

Proponente da CEI, o vereador apontou estudos da Universidade Federal de Goiás (UFG) divulgados no último mês, no Portal do Saneamento Básico, que diagnosticou – via pesquisadores da instituição de ensino – dificuldades no diálogo entre municípios e concessionária.

A CEI da Saneago segue, agora, para os trâmites e protocolos e terá um prazo de 60 dias para sua conclusão, podendo haver prorrogação. Os trabalhos da comissão, no entanto, ainda não tem prazo para começar.

Deixe um comentário