Vereador solicita instalação de CEI que vai investigar ações da Saneago em Goiânia

Requerimento foi do parlamentar GCM Romário Policarpo (PTC) apresentado nesta quarta-feira (23/5)

Vereador Romário Policarpo | Foto: Fernando Leite / Jornal Opção

Foi feita ao presidente da Câmara Municipal, Andrey Azeredo (MDB), nesta quarta-feira (23/5), a solicitação de instalação da Comissão Especial de Inquérito (CEI) para apuração de atos e ações da Companhia de Saneamento de Goiás (Saneago). Com apresentação do vereador GCM Romário Policaropo (PTC) o documento conta com um total de 24 assinaturas não precisando ser submetido a Plenário para aprovação.

De acordo com o vereador, a justificativa do pedido, além do interesse social, são os problemas que a população goianiense vem sofrendo com a qualidade do saneamento e a falta de distribuição de água, principalmente nos períodos de estiagem.

“Não ocorre vistoria regular das outorgas e a população não é bem informada quanto ao saneamento e a distribuição das redes de água e esgoto […] A fim de resolver o impasse entre a concessionária e a população, esta comissão visa investigar se há erros de gestão, tanto pela Saneago quanto pela Prefeitura, que criou a Agência de Regulação, Controle e Fiscalização de Serviços Públicos concedidos, permitidos ou autorizados no âmbito do Município de Goiânia”, acrescenta”, disse Policarpo.

Proponente da CEI, o vereador apontou estudos da Universidade Federal de Goiás (UFG) divulgados no último mês, no Portal do Saneamento Básico, que diagnosticou – via pesquisadores da instituição de ensino – dificuldades no diálogo entre municípios e concessionária.

A CEI da Saneago segue, agora, para os trâmites e protocolos e terá um prazo de 60 dias para sua conclusão, podendo haver prorrogação. Os trabalhos da comissão, no entanto, ainda não tem prazo para começar.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.