Vereador propõe prazo máximo de espera em ponto de ônibus em Goiânia

Matéria pode ser votada em plenário nesta quinta-feira (28/6). Em dias normais, a espera seria de no máximo 30 minutos 

O vereador Alysson Lima | Foto: Reprodução

O vereador Alysson Lima (PRB) apresentou projeto de lei para que estabelece prazos máximos de espera no ponto de ônibus para os usuários do transporte coletivo. Segundo a proposta, que pode ser votada nesta quinta-feira (28/6) pelo plenário da Câmara Municipal de Goiânia, o tempo máximo de espera seria de 20 minutos em dias normais, até 30 minutos nos finais de semana e feriados e até 40 minutos em “dias adversos”, com fortes chuvas e alagamentos, por exemplo.

“Nessa situação, quem será o fiscal é o próprio usuário do transporte coletivo, que poderá buscar indenização junto às empresas de ônibus caso o tempo seja extrapolado. Fazendo um paralelo com a lei que estabelece prazo para as filas de bancos, podemos fazer com que as empresas tenham mais responsabilidade com as pessoas que pagam por um transporte público ruim”, disse o vereador em entrevista.

A matéria chega a plenário com parecer contrário da Comissão de Direito do Consumidor da Câmara de Goiânia, que entendeu posicionamento da Companhia Metropolitana de Transporte Coletivo (CMTC), justificando que a propositura traria muito ônus financeiro à empresa muito grande.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.