Vereador propõe nomear atual prédio da Alego de Palácio Iris Rezende

Sede foi doada ao Município de Goiânia em lei publicada em 26 de março de 2013

Foi proposto pelo vereador de Goiânia, Santana Gomes (PRTB), nesta terça-feira, 7, a nomeação da atual sede da Assembleia Legislativa de Goiás (Alego), para Palácio Iris Rezende. O local atualmente pertence ao município de Goiânia, desde que o Estado oficializou a doação do local em 26 de março de 2013. Do mesmo modo, o terreno da futura sede da Alego também foi doado por Goiânia ao Estado.

Para o parlamentar, ainda que nenhuma homenagem semelhante seja suficiente para representar o “tamanho que Iris foi”, ele acredita que nomear a sede será mais significativo que “apenas uma rua ou avenida”. “O Poder Legislativo tem uma história, então colocar o nome de Iris Rezende Machado acaba contemplando a ideia de homenageá-lo, identificando com a história de Iris”, comenta o vereador.

Ainda que não tenha sido definida com certeza o que será feito no local, ele acredita que esta será uma homenagem mais justa do que as que propõem alteração de nomes já existentes. “Não agride tanto a comunidade, porque não tem um clamor”, opina.

Em Goiânia, além do Parque Mutirama, que teve o acréscimo do nome de Iris aprovado em segunda votação na Câmara Municipal, o vereador Clécio Alves chegou a apresentar um projeto de lei que renomeia a Avenida Castelo Branco para Avenida Iris Rezende, sob a justificativa de reparação histórica contra o emedebista.

Também chegou a ser aprovado no Senado Federal, matéria de autoria do senador Luiz do Carmo, que muda o nome do Aeroporto Santa Genoveva para Aeroporto Internacional de Goiânia – Iris Rezende Machado. A proposta gerou grande repercussão negativa, uma vez que o nome do local já homenageava a mãe do médico Altamiro de Moura Pacheco, a dona Genoveva. Isso, porque a fazenda que atualmente funciona o aeroporto foi doada pelo médico à Prefeitura, com a condição de que o nome da mãe fosse colocado no local.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.