Vereador pede suspensão de pagamento de quinquênios na Comurg

Pedido do pessebista Elias Vaz diz respeito apenas aos pagamentos a título de quinquênio incidentes sobre outros valores que não o salário básico dos empregados

Vereador Elias Vaz, do PSB | Foto: Fernando Leite / Jornal Opção

Após denunciar a existência de “supergratificações” na Companhia Municipal de Urbanização (Comurg) e pedir auditoria do Tribunal de Contas dos Municípios (TCM) na folha de pagamento do órgão, o vereador Elias Vaz (PSB) solicitou nesta quarta-feira (15/3) a suspensão do pagamento de quinquênios na companhia.

O pedido do pessebista diz respeito apenas aos pagamentos a título de quinquênio incidentes sobre outros valores que não o salário básico dos empregados, conforme prevê a Constituição Federal e o Estatuto do Servidor. A solicitação foi feita por meio de requerimento enviado ao presidente da Comurg, Denes Pereira Alves.

Segundo dados do Portal da Transparência, em época de crise, a companhia teria gastado, apenas no mês de fevereiro, R$ 420 mil em gratificações para apenas 40 funcionários.

Os benefícios dizem respeito a adicionais por tempo de serviço, também chamados de quinquênios, que, no caso da Prefeitura de Goiânia, representa uma concessão de 10% ao vencimento dos ocupantes de cargo efetivo, acrescido a cada cinco anos de serviço público prestado.

Segundo o vereador, para o pagamento dos benefícios, a companhia se vale do denominado “repique”, a incidência de adicional sobre adicional anterior, da mesma natureza. Ou seja, os valores pagos aos funcionários se valem de cálculo de vantagens pessoais uma sobre a outra, num efeito cascata, o que possibilita vencimentos até 500% maiores do que o salário base.

1 Comment threads
0 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
1 Comment authors

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

Deidison diniz

Eu trabalho na comurg tem que da um basta porque nos garis ganhamos um dos menores salários, da categoria em capitais brasileiras, ,