Vereador pede mais fiscalização nas proximidades do Jardim Botânico para evitar queimadas

Paulo Magalhães encaminhou oficio à Amma solicitando apoio da Guarda Civil Metropolitana e Corpo de Bombeiros especialmente no período de seca

Foto: Divulgação

Com a finalidade de evitar queimadas, o vereador Paulo Magalhães apresentou na Câmara Municipal, nesta quinta-feira, 12, um ofício que será encaminhado ao presidente da Agência Municipal de Meio Ambiente (Amma), Gilberto Marques Neto, onde solicita o aumento do efetivo da Guarda Civil Metropolitana (GCM) e a contribuição do Corpo de Bombeiros Militar de Goiás (CBMGO) na fiscalização e proteção do parque Jardim Botânico.

Localizado nas proximidades do Setor Pedro Ludovico e Vila Redenção, o parque, segundo ele, constantemente sofre com as inúmeras queimadas. “É de praxe. Por isso tive a preocupação de pedir a proteção da Guarda Civil e do Corpo de Bombeiros para que eles possam nos ajudar a conter qualquer eventualidade que aconteça”, explicou.

Para ele, a Guarda Civil Metropolitana tem a obrigação de cuidar do patrimônio publico. “Para isso ela foi criada. Confio no comandante da Guarda e peço que nos ajude a fortalecer essa fiscalização contra as queimadas na região”.

Plano Diretor

O parlamentar também prometeu apresentar diversas emendas à Revisão do Plano Diretor que tramita no Legislativo municipal. “Minha intenção é garantir o respeito ao meio ambiente”, explicou.

“Estamos atravessando um período de crise hídrica e isso só acontece porque não temos fiscalização. São cerca de 5 mil produtores sugando água do Rio Meia Ponte para irrigar grama enquanto as pessoas estão ficando sem água nas torneiras”, criticou

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.