Comissão do Idoso encontra Casa da Acolhida de Campinas abandonada

Fiscalização foi feita em primeira “Blitz do Idoso” promovida por vereadores de Goiânia

Casa da Acolhida foi a primeira a ser visitada por Blitz do Idoso e foram encontrados sinais de descaso | Foto: Assessoria vereador Paulo Magalhães
Vereador Paulo Magalhães preside comissão do Idoso na Câmara | Foto; Fernando Leite/Jornal Opção

O presidente da Comissão dos Direitos do Idoso da Câmara Municipal de Goiânia, o vereador Paulo Magalhães (PSD), encontrou a Casa da Acolhida de Campinas, em Goiânia, abandonada e com sinais de descaso.

A visita foi parte da primeira Blitz do Idoso e foi protagonizada por elevadores desativados, local sujo, banheiros sem manutenção, fiação elétrica exposta, sem assistência médica e psicológica. Além disso, a sala de curativos, o posto de enfermagem e a farmácia estavam fechados.

De acordo com o vereador Paulo Magalhães, é necessário protocolar com urgência um documento no Ministério Público para que as devidas providências sejam tomadas. “É desumano e cruel manter idosos nesse situação de vulnerabilidade”, afirmou.

Casa da Acolhida foi a primeira a ser visitada por Blitz do Idoso e foram encontrados sinais de descaso | Foto: Assessoria vereador Paulo Magalhães

Também participaram da visita a delegada Ana Lívia Batista Alves de Paiva, titular da Delegacia Especializada em Atendimento ao Idoso (DEAI); Fernanda da Silva Rodrigues, coordenadora do Núcleo de Direitos Humanos da Defensoria Pública do Estado; e representante do Conselho Municipal do Idoso.

A delegada disse que a Polícia Civil irá investigar se está havendo algum tipo de maus-tratos ou negligência em relação a alguns idosos do local. “Iremos dar andamento a tudo o que nós vimos aqui para punir se assim for comprovado”, afirmou.

A Blitz do Idoso irá ainda percorrer outros locais de logo permanência dos idosos e unidades de saúde. O objetivo da ação é fiscalizar e verificar a situação de maus-tratos ou violência psicológica e se falta de assistência e amparo médico e familiar.

Em resposta enviada ao Jornal Opção, a Secretaria Municipal de Assistência Social (Semas) disse que a Casa de Acolhida será reformada em breve, e que o processo de compra do material já está em andamento. Confira nota na íntegra:


A Secretaria Municipal de Assistência Social (Semas) informa que a Casa de Acolhida será reformada em breve, o processo de compra do material já está em andamento. Em relação à falta de chuveiro, esclarece que eles são roubados pelos próprios moradores, mas que serão, mais uma vez, repostos. Quanto as outras irregularidades apontadas, a secretaria determinou que sejam apuradas. Esclarece ainda que nenhum serviço de assistência deixou que ser prestado às pessoas acolhidas na casa.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

João Carrijo

De acordo com o vereador Paulo Magalhães, é necessário protocolar com urgência um documento no Ministério Público para que as devidas providências sejam tomadas. “É desumano e cruel manter idosos nesse situação de vulnerabilidade”, afirmou. Com a palavra o MP e a Polícia Civil …