Vereador denuncia ao MP diretor da SMT condenado por mau uso de recursos federais

Delegado Eduardo Prado apresentou denúncia ao Ministério Público, solicitando que medidas sejam tomadas

Vereador Eduardo Prado | Foto: Reprodução

O vereador Delegado Eduardo Prado (PV) denunciou ao Ministério Público de Goiás (MPGO) o diretor de Administração e Finanças da Secretaria Municipal de Transito, Transporte e Mobilidade da Prefeitura de Goiânia (SMT), Robson Alves Paulino, que já foi condenado por mau uso de recurso federais enquanto presidente da Federação dos Mototaxistas e Motoboys do Brasil (Fenamoto).

Na denúncia apresentada à promotora Leila Maria de Oliveira, o vereador anexou o resultado do julgamento, que condenou Robson Paulino e a Fenamoto por não comprovação da boa e regular aplicação dos recursos federais repassados à federação.

Tanto ele quanto a instituição tiveram que restituir os cofres do Tesouro Nacional e pagar uma multa de R$ 150 mil.

Eduardo Prado relembra a nomeação em janeiro de 2017 de Robson ao cargo na SMT, e pede providências.

“Deste modo, entendemos que a nomeação do servidor comissionado fere os princípios da Administração pública, principalmente o Principio da Moralidade. Certo que a Promotoria tomará as medidas que entender necessárias”, diz a denúncia.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.