Vereador de Pirenópolis tem mandato cassado por compra de votos

Vandim de Jaranápolis ofereceu R$ 60,00 para eleitora e, além de perder o mandato, deverá pagar multa de R$ 20 mil

Após denúncia, o Tribunal Regional Eleitoral de Goiás decidiu pela cassação do mandato do vereador de Pirenópolis, Manoel Gomes Batista Filhos (Republicanos), Vandim de Jaranápolis, por conduta consubstanciada na entrega de vantagem pecuniária a eleitora, com o fim de obter o voto, fato ocorrido no dia 15 de novembro de 2020.

A juíza eleitoral, Aline Freitas da Silva, reconheceu a prática de captação ilícita do vereador. Nos vídeos anexados ao processo, a denunciante afirma que iniciou a gravação antes de se aproximar do então candidato, onde em poucos minutos de conversa teria recebido a oferta de R$60,00.

Na decisão, o vereador teve o mandato cassado e deve pagar multa no valor de R$ 20 mil.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.