Vereador de Formosa é alvo de operação que investiga desvio de dinheiro público

Ação visa apurar suposto desvio de recursos públicos ocorridos na Câmara Municipal, através do pagamento ilegal e fraudado de diárias de viagens oficiais

Uma operação do Ministério Público do Estado de Goiás (MP-GO) cumpre na manhã desta quarta-feira, 22, quatro mandados de busca e apreensão em Formosa. Ação visa apurar suposto desvio de recursos públicos ocorridos na Câmara Municipal no ano passado, através do pagamento ilegal e fraudado de diárias de viagens oficiais.

Segundo o órgão, os alvos da investigação são o vereador Acinemar Gonçalves Costa, que ocupava no ano passado a presidência da Casa; o ex-procurador jurídico da Câmara no mesmo período, João Marcelo Hanu Opa; e o ex-motorista da instituição, Arley Rodrigues.

As investigações terão prosseguimento, por meio da 3ª Promotoria de Justiça, para identificar e responsabilizar outros envolvidos. As buscas foram autorizadas pelo Juízo da 3ª Vara Criminal de Formosa e contaram, em seu cumprimento, com apoio de equipes da Polícia Civil (PC).

O nome da operação é uma referência ao mau ladrão bíblico Gestas, que mesmo conclamado a seguir o caminho da retidão e da honestidade, optou pelo do crime e do pecado.

O Jornal Opção não localizou o contato dos advogados de defesa dos citados. O espaço segue aberto para novas manifestações.

Uma resposta para “Vereador de Formosa é alvo de operação que investiga desvio de dinheiro público”

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.