Vereador acusado de envolvimento na morte de Marielle fez homenagem para vereadora

Testemunha ligou Marcello Siciliano, do PHS, ao crime

Uma reportagem do jornal O Globo mostra que uma testemunha contou à polícia que o vereador Marcello Siciliano (PHS) e o ex-policial militar Orlando Oliveira de Araújo queriam a morte da vereadora Marielle Franco (PSOL).

A motivação do crime seria o avanço de ações comunitárias de Marielle em áreas de interesse da milícia na Zona Oeste. Em resposta à publicação, Siciliano disse que não conhece Orlando e que a acusação é “mentirosa”.

No dia da morte de Marielle, o vereador publicou uma homenagem, dizendo-se triste pelo ocorrido.

Veja:

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.