Ventilador pulmonar econômico na USP passa em testes e aguarda aprovação da Anvisa

Custo médio de um aparelho convencional é de R$15 mil, enquanto o ventilador Inspire, criado por pesquisadores da Escola Politécnica da USP, custa em torno de R$1 mil

Ventilador pulmonar Inspire, criado por pesquisadores da USP, por valor bem abaixo da média | Foto: Divulgação

Engenheiros da Escola Politécnica (Poli) da Universidade de São Paulo (USP) criaram um protótipo econômico de ventilador pulmonar, que pode ser produzido em até duas horas. Após testes, o equipamento, chamado de Inspire foi aprovado nas etapas finais. Agora, documentos serão encaminhados para órgãos, como a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa).

A equipe foi conduzida pelo professor Raul González Lima. O equipamento foi testado em pacientes humanos, conforme trâmites da Comissão Nacional de Ética em Pesquisa. Quatro pacientes do Instituto do Coração (Incor) do Hospital das Clínicas (HC) da FMUSP utilizaram o aparelho, testado em todos os modos de uso. Todos os pacientes tiveram tratamento bem sucedido.

Antes, no entanto, a máquina já havia sido testada em animais, sob coordenação da professora Denise Fantoni e auxílio da professora Aline Ambrósio, da Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia (FMVZ) da USP. O aparelho foi registrado com uma licença open source, em que qualquer pessoa ou empresa pode acessar o protocolo de manufatura e fabrica-lo, desde que com autorização da Anvisa.

O custo final do aparelho é de R$1 mil, enquanto ventiladores convencionais custam, em média, R$15 mil.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.