Vem Pra Rua Goiás oferece ônibus de graça para quem quiser ir a Brasília no domingo

Grupo goiano quer reunir pessoas interessadas a acompanhar na capital federal a votação do pedido de abertura do impeachment contra a presidente

Imagem: Reprodução/Facebook

Imagem: Reprodução/Facebook

Para fazer o que eles chamam de “pressão aos deputados federais”, o Vem Pra Rua Goiás tem divulgado nas redes sociais que vai oferecer ônibus de graça, com ida e volta garantida a Brasília (DF) para quem quiser acompanhar a votação do pedido de abertura do processo de impeachment contra a presidente Dilma Rousseff (PT), que acontece no plenário da Câmara dos Deputados no domingo (17/4).

A pessoa precisa concordar com as ideia divulgada pelo Vem Pra Rua Goiás, que trabalha ao lado do Movimento Brasil Livre em Goiás (MBL-GO). O segundo grupo se define como “um canal de luta e denúncia contra o processo de instrumentalização do Estado para servir aos interesses de poucos”. Os interessados devem ligar para os telefones disponibilizados na postagem para participar do “Goiás Rumo a Brasília – ida e volta grátis – ‘impeachmente’ (sic) já”.

Pela página no Facebook, que tem 31.978 curtidas, o MBL Goiás pede que as pessoas pressionem a deputada federal Flávia Morais (PDT-GO), a única parlamentar goiana que ainda não declarou seu voto. Os outros 16 já anunciaram. 15 deles são favoráveis ao processo de impeachment e um deles é contra, o deputado federal Rubens Otoni (PT). O mesmo trabalho de pressão é feito pelo Vem Pra Rua Goiás, que tem 8.746 curtidas na mesma rede social.

Pelas redes sociais, MBL Goiás incentiva pessoas a pressionarem a deputada federal goiana, única que não declarou como votará no pedido de abertura do processo de impeachment de Dilma | Imagem: Reprodução/Facebook

Pelas redes sociais, MBL Goiás incentiva pessoas a pressionarem a deputada federal goiana, única que não declarou como votará no pedido de abertura do processo de impeachment de Dilma | Imagem: Reprodução/Facebook

Os parlamentares goianos que já informaram que vão votar a favor da abertura do processo de impeachment contra Dilma são Fábio Sousa (PSDB), Alexandre Baldy (PTN), João Campos (PRB), Pedro Chaves (PMDB), Giuseppe Vecci (PSDB), Thiago Peixoto (PSD), Delegado Waldir Soares (PR), Célio Silveira (PSDB), Heuler Cruvinel (PSD), Magda Mofatto (PR), Lucas Vergílio (SD), Marcos Abrão (PPS), Daniel Vilela (PMDB), Roberto Balestra (PP) e Jovair Arantes (PTB).

O MBL Goiás fez o mesmo trabalho de pressão com os deputados federais do PMDB, Daniel Vilela e Pedro Chaves, com divulgação dos números de telefone do gabinete na Câmara em Brasília e do email dos parlamentares, como faz agora com Flávia Morais. “Ou vota sim ou não terá votos!”, afirma o Movimento Brasil Livre em Goiás.

Para o Movimento Brasil Livre, Rubens Otoni, que anunciou que vai votar contra a abertura do processo de impeachment, o petista é “contra o povo”. “Não esqueçam esse rosto, em breve ele vai pedir seu voto”, diz uma postagem no Facebook do Movimento.

Uma resposta para “Vem Pra Rua Goiás oferece ônibus de graça para quem quiser ir a Brasília no domingo”

  1. Avatar Silvano Ferreira disse:

    Ameaçar a deputada assim, não está certo… Sou a favor ao impeachment, mas não a ameaças.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.