Veja vídeo: PRF apreende carne clandestina destinada a restaurante nobre do Setor Marista

Carga estava sendo transportada em condições inadequadas de temperatura e higiene. Carne seria vendida ao valor de R$ 11 o quilo

Mais de 300 kg de carne bovina clandestina foram apreendidos nessa quinta-feira (16/10) pela Polícia Rodoviária Federal (PRF) na BR-153, próximo ao município de Piracanjuba. Segundo a PRF, o animal foi abatido em uma propriedade rural de Cromínia e deveria abastecer um restaurante nobre do Setor Marista, em Goiânia.

Ao ser abordado pelos policiais, o condutor do VW Saveiro – veículo que transportava a carga –, não apresentou documentação fiscal e ambiental do produto. Além disso, a carne estava distribuída em sacos plásticos e, segundo informações do motorista, seria entregue a um restaurante nobre da capital ao valor de R$ 11 o quilo.

Em entrevista ao Jornal Opção Online, o assessor da PRF, inspetor Newton Moraes, afirmou que no momento da apreensão a carne tinha um cheiro forte e começava a perder líquido. “Não podemos divulgar o nome do restaurante, pois ele será investigado. Mas podemos adiantar que é uma marca bastante conhecida, bem frequentando e de muita credibilidade entre os goianienses”, disse.

Ainda de acordo com PRF, a carga estava sendo transportada em condições inadequadas de temperatura e higiene, espalhada pela carroceria do veículo, sendo considerada, portanto, inadequada ao consumo humano.

A Agência Goiana de Defesa Agropecuária (Agrodefesa)e a Vigilância Sanitária de Hidrolândia compareceram ao local e autuaram o responsável pelo transporte indevido. Em seguida, a carga foi encaminhada para o aterro sanitário local.

Veja vídeo abaixo: 

 

Deixe um comentário