Vecci recusou comando nacional do PSDB em solidariedade a Marconi

Presidente da sigla em Goiás contou que foi sondado três vezes para o cargo interino, mas, por apoiar abertamente o nome do governador, preferiu não aceitar convite

Deputado federal Giuseppe Vecci | Fernando Leite/Jornal Opção

Às vésperas de ser reconduzido à presidência do PSDB goiano, o deputado federal Giuseppe Vecci poderia ter assumido o comando nacional da sigla, no lugar do ex-governador Alberto Goldman. Segundo o próprio parlamentar, ele chegou a ser sondado ao menos três vezes nos últimos meses para o cargo interino.

Vecci recusou as investidas, entretanto, em solidariedade ao governador Marconi Perillo (PSDB), que disputará as eleições do partido no próximo dia 9 de dezembro.

Ele explica que, como apoia abertamente Marconi, não se sentiria confortável em assumir a sigla justamente neste período de transição, anterior às eleições do próximo mês. “Eu tenho um lado e é necessário que o partido promova eleições com isonomia”, explicou.

Sobre a condução do ex-governador Alberto Goldman ao cargo, Vecci disse que a escolha foi acertada e garante a isonomia a qual se refere. “Ele tem a credibilidade e vai fazer uma boa transição”, opinou.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.